sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Onde está a fonte de seus problemas?

Muita gente esconde fatos óbvios apenas pelo medo de descobrir onde está a verdadeira origem de seus problemas, e assim acabam por agravar ainda mais as situações, tornando a vida cada vez mais cíclica e repetitiva, em aceitarem que os problemas da vida, as insatisfações, as decepções e as tristezas estejam justamente no lugar onde menos gostariam que estivesse. Nelas mesmas! E é claro que ninguém irá gostar disto, pois fazem de tudo para provar que o problema não são elas.
A aceitação disto é um gesto de humildade e maturidade de sua parte. Uma sensação única de liberdade. Todos os problemas são criados para serem solucionados, do contrário deixariam de ser problemas e seriam apenas ilusões fundamentadas no medo e na insegurança, mas a solução é você quem dá. E a atitude é você quem toma! Fugir desta origem só leva a um resultado. De que os mesmos problemas continuarão existindo e atrapalhando sua vida pessoal, profissional e amorosa, te impedindo de conquistar o que você quer. Os mesmos problemas continuarão indo e vindo e você continuará vivenciando as mesmas situações e problemas de sempre, pois é isto que você sempre busca para comprovar e atestar que o problema não está em você. Porém você nunca conseguirá provar que o problema está no outro ou nas situações em si, pois não está. É uma fuga que só traz tristeza e descontentamento.
Quantas vezes ao finalizar um relacionamento em sua vida você inicia outro com uma pessoa diferente mas que tem as mesmas características que as anteriores possuíam? Se você teve vários relacionamentos em que não foi feliz, será que o problema está nas pessoas ou em? Talvez seja você que precise mudar e não os outros. Ao invés de buscar a felicidade e uma pessoa bacana você esteja apenas procurando um meio de provar que o problema dos seus relacionamentos antigos não era você, mas sim as outras pessoas. Pense um pouco nisto e veja se não faz sentido pra você!
Enquanto você não resolver a questão na origem, sua vida continuará sendo um ciclo repetitivo, ao buscar as mesmas situações para sustentar o que você não quer aceitar, que é a origem do problema. Um vai e vem sustentado pelo seu medo e sua omissão de socorro a si mesmo, considerando que o problema nunca está em você, em seus sentimentos, pensamentos e atitudes que você teima em não mudar. A vida não deve ser uma filme que vive se repetindo, mas ser feita de ciclos velhos que se finalizam e novos que se iniciam. Quem insiste em passar sempre o mesmo filme é você, em não querer resolver o principal problema, encerrar o velho ciclo definitivamente e partir para um novo sem resquícios, sem mágoas e sem neuras. Aí sim o novo se manifesta como sendo REALMENTE NOVO.
Quando você verdadeiramente vivenciar algo novo sem pendências emocionais e psíquicas você perceberá que até hoje a maioria das situações que você pensou serem novas em sua vida, eram na verdade as mesmas coisas velhas de sempre apenas com uma nova roupagem as disfarçando.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Saia do "e se fosse assim"?

Você precisa aprender a curtir o que está acontecendo agora e sair desse lance do "e se fosse assim?" ou "e se for assim...

Veja mais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...