quinta-feira, 28 de março de 2013

Carências e Abundância

 "A pessoa que nós julgamos ser, está também intimamente relacionada com o modo como julgamos ser tratados pelos outros. 

Muitas pessoas queixam-se de que os outros não as tratam suficientemente bem. "Não me respeitam, não me dão atenção, nem reconhecem o meu valor".
Quando as outras pessoas são simpáticas, desconfiam de razões dissimuladas. "Os outros querem manipular-me, aproveitar-se de mim. Ninguém me ama."
A pessoa que julgam ser assim como: "Eu sou um "pequeno eu" carente, cujas necessidades não estão satisfeitas." 

Esta é uma falsa percepção básica, que gera disfunção e conflitos em todos os seus relacionamentos. Essas pessoas, acreditam que não têm nada para dar e que o mundo ou as outras pessoas estão lhe negando aquilo de que elas realmente precisam. 

Toda a sua realidade é baseada numa percepção ilusória de quem são, o que afeta negativamente as situações e arruína todas as relações. 
Se a ideia de carência - seja dinheiro, reconhecimento ou amor - se tornou parte de quem pensamos ser, sentiremos sempre carência. 
Em vez de reconhecermos tudo o que de bom já existe na nossa vida, só nos concentramos na carência. Reconhecermos o que de bom já existe na nossa vida é a base para que a abundância surja. 

O fato é este: aquilo que julgamos que o mundo nos está negando é aquilo que nós estamos negando ao mundo. Estamos negando-o porque, no fundo, pensamos que somos pequenos e não tempos nada para dar.

Experimente fazer o seguinte durante algumas semanas, e veja como tal mudará a sua realidade: tudo o que pensar que as outras pessoaslhe estão a negar - estima, consideração, ajuda, atenção afetiva, etc.. dê você a elas. 

Você não possui essas coisas? Aja como se as possuísse e elas aparecerão. Então, pouco depois de começar a dar, começará a receber. Você não não pode receber aquilo que não der. 

O que sai de si determina o que entra. Você já tem tudo o que pensa que o mundo não lhe está a dar, mas se não permitir que isso flua para o exterior, nem sequer saberá que o possui. Isto inclui a abundância. 

A lei que estipula que o que sai determina o que entra é expressa por Jesus nesta poderosa imagem: "Dai e dar-se-vos-á: uma boa medida, cheia, recalcada, transbordante será lançada no vosso regaço."

A fonte de toda a abundância não se encontra fora de si. Faz parte de quem você é. 
No entanto comece por reconhecer a abundância no exterior. Observe a riqueza da vida que existe à sua volta: ao sentir o calor do Sol na sua pele, ao contemplar as flores magníficas em exposição à porta de uma florista, ao dar uma dentada num fruto suculento ou ao ficar ensopado debaixo de uma copiosa chuva caída do céu. 

A abundância da vida reside em cada passo que der. 
O reconhecimento dessa abundância que existe ao seu redor desperta a abundância adormecida dentro de si. 
Depois deixe-a sair. Ao sorrir para um estranho, já se verifica um pequena saída de energia. Você torna-se um doador. Pergunte a si mesmo regularmente: 
"O que posso dar aqui? Como posso ser útil para esta pessoa, nesta situação?" 

Você não tem de possuir nada para se sentir abundante, embora as coisas venham com certeza até você, no caso de se sentir abundante consistentemente. 
A abundância só chega àqueles que já a possuem. Isto parece quase injusto, mas obviamente que não é.

É uma lei universal. 


Tanto a abundância como a escassez são estados interiores que se manifestam como a nossa realidade. 

Eckhart Tolle em O Despertar de uma nova Consciência.

quarta-feira, 27 de março de 2013

Quando a mente se acalma...


"Quando a minha mente está calma, eu acesso uma confiança que é descanso e proteção. Uma fé genuína na preciosidade da vida.
Sinto que tudo em mim se reorganiza, silenciosamente, o tempo todo.
Que isso tem mais a ver com o meu olhar, com a natureza das sementes que rego, do que eu possa perceber.
Minha expectativa, tantas vezes ansiosa, de que as coisas sejam diferentes, dá lugar à certeza tranqüila de que, naquele momento, tudo está onde pode estar. Em vez de sofrer pelas modificações que ainda não consigo, eu me sinto grata pelas mudanças que já realizei.
E relaxo.

Quando a minha mente está calma, eu acesso uma clareza que me permite sentir, com mais nitidez, que há uma sabedoria que abraça todas as coisas.
Que o tempo tem uma habilidade singular para reinventar nosso roteiro com a gente, toda vez que redefinimos o que, de verdade, nos importa.
Que há um contentamento perene no nosso coração.
Um espaço de alimento amoroso.
Uma fonte que buscamos raras vezes, acostumados a imaginar a felicidade somente fora de nós e a deslocá-la para distâncias onde não estamos.

Quando a minha mente está calma, os sentidos se expandem e me permitem refinar sensações e sentimentos.
Posso saborear mais detalhes do banquete que está sempre disponível, mesmo quando eu não o percebo.
Nesse lugar de calma e clareza, não há nada a desejar.
Nada a esperar.
Nada a buscar.
Nenhum lugar onde ir.
Eu me sinto sentada sob a sombra de uma árvore generosa, numa tarde azul sem pressa, os pássaros bordando o céu com o seu balé harmonioso.
O meu coração é pleno, nenhuma fome.
Plenitude não é extensão nem permanência: é quando a vida cabe no instante presente, sem aperto, e a gente desfruta o conforto de não sentir falta de nada."
 
Quando minha mente está calma por Ana Jácomo
 
 
 
 
 

terça-feira, 26 de março de 2013

Essência da vida



"Quando digo que você é divino, não estou me referindo a um ser superior ou qualquer ideia de Deus que você tenha.
Estou apenas dizendo que você é uma presença.

Você não pode negar sua existência.
Você não pode dizer que não é.
Se você negar sua existência, quem estará negando? Você.
E você não pode negar a si mesmo.
Você pode negar seus pensamentos, sentimentos, sensações corporais, porque tudo isso vem de uma experiência passada.
Mas você não pode negar aquilo que existe agora.
E a única coisa que realmente É, é seu Ser.
Este Ser eu chamo de presença.
Você pode chamar de Deus, se quiser. Ou de amor.
Amor é o perfume da presença de Deus!

Tudo que você vê tem uma forma.
Dentro da forma da sua namorada ou se seu amigo tem presença.
Dentro da forma de uma plantinha, tem presença.
Dentro da forma de uma montanha tem presença.
Essa presença é a essência da vida.
Você é essa presença consciente!

Você está aprendendo a ser essa presença, mas conscientemente.
As árvores são essa presença, mas não estão conscientes disso.
As árvores são divinas, mas não sabem.
O ser humano pode saber!
O ser humano pode conhecer a sua essência, a essência da vida, conscientemente! Isso é o que os mestres chamam de Acordar, Despertar!

A presença, que é a essência divina da vida, desperta num corpo humano!"

Swami Naseeb    




segunda-feira, 25 de março de 2013

Consciência é Tudo...



"Existem coisas que você deve se lembra sempre se quiser viver uma vida boa. E o que eu falo é sobre Consciência.

Consciência é TUDO, nunca se esqueça disso.
Consciência é a realidade absoluta, pura sabedoria e pura consciência é Brahman.

Se você realizar que Consciência é tudo, você estará em paz e se sentirá muito feliz.
Consciência é paz, amor, Deus e bênçãos. E se você se lembrar que você é Consciência, assim como tudo o mais, como estar triste ou descontente, ou deprimido ou ver algum problema? É impossível se ter algum problema ou alguma espécie de complicação quando se considera que tudo, absolutamente tudo é Consciência se manifestando.

Tudo, cada pessoa, cada situação, nada está fora da consciência. Mas quando você realiza que a Consciência se manifesta em tudo e em todos, tudo se transforma em bênção e nada pode perturbá-lo novamente. Embora seus olhos vejam, embora seus ouvidos ouçam, embora você seja, embora você se vá, realize que tudo isso é Consciência em todos estes eventos. Tudo é consciência, tudo mesmo! E novamente, isso significa que tudo é harmônico. Tudo é bom. Tudo é perfeito como é!Esta palavra Consciência significa que tudo é perfeito. Perfeição.

Não existem erros, nada errado em qualquer lugar. Somente aparenta estar errado para você, logo, você deve reavaliar seus conceitos sobre a realidade.

"Porque isso parece errado para mim?", você diz a si mesmo.É porque as coisas não estão acontecendo como deveríam acontecer. Ou seja, as coisas não estão acontecendo como você pensa que deveríam acontecer. Em outras palavras, o mundo não está girando da maneira que você gostaria que estivesse. Então, você fica aborrecido, se torna raivoso, agressivo, você fica louco, fica deprimido, Mas, novamente realize que tudo é Consciência, e no mesmo instante você associa que tudo está perfeito do jeito que está.
Então, você diz a si mesmo: "Mesmo que não compreenda isso, é perfeito e bom." Ao fazer essa declaração,por perceber esta grandeza na declaração que você faz, você será colocado de volta em uma harmoniosa caminhada e tudo será resolvido em sua vida. Isso é verdade!
Não é que as coisas irão mudar a seu gosto. É que a sua atitude em relação as coisas e aos fatos será bem diferente quando se tem a percepção de que tudo é Consciência. Você será então capaz de ver através dos fatos que estão acontecendo na sua vida e através também da negação e da reação que você tinha em relação a eles. Através de todas as coisas que foram te incomodando ao longo da sua vida, você será capaz então de ver através dessas coisas. E você vai ver felicidade, verá a paz, verá alegria. Você se torna a pessoa mais feliz, quando passa a perceber, viver e realizar que Consciência é TUDO.

Isso significa que o universo é seu amigo. Você não tem inimigos, ninguém está contra você.Ninguém quer te machucar. Você é livre!

Você vai desenvolver uma grande dose de humildade, uma grande paz, amor bondade para as pessoas, lugares e coisas. Tudo isso acontece apenas por perceber que tudo é Consciência.

Faça isso quando você despertar de manhã. Não comece a pensar sobre a sua vida e que você tem que fazer durante o dia.Mas assim que você se levantar de manhã, perceba imediatamente que tudo é Consciência.


Consciência significa que há algo vivo acontecendo, alguma coisa viva acontecendo.

O próprio ar que você respira. O espaço que você ocupa é a consciência. É a sua verdadeira natureza. Tudo é consciência. Nada é deixado de fora, nada!
Você pode dizer para si mesmo: "Porque existe o mal acontecendo neste mundo, ou esta desumanidade no homem?

Eu te pergunto então: Para quem isso acontece? Quem pensa isso? Quem vê isso? Quem acredita nisso? O ego. A mente.Só a mente enxerga a negatividade, a confusão, a complicação, o erro.Mas quando você vive a realização de que tudo é Consciência, você transcende a mente e o ego, você vai além da mente e do ego. Você se torna o substrato de toda a existência, a energia subjacente onde o descansam todas essas imagens. O mundo e o universo parecem estar descansando no espaço, mas ele são realmente pura consciência.
O que estou dizendo é que tudo está bem. Muito bem.

A fim de provar isso, você tem que deixar ir essas coisas que o perseguiram por anos. Essas coisas que parecem estar erradas. Você tem que esquivar-se dessas coisas e voltar-se para a Consciência, que é sua amigo, seu amante, e que nunca vai te abandonar, nunca deixa você, que está sempre com você em todas as circunstâncias.

Tudo que você tem a fazer é conhecer esta verdade.Isso é tudo que você tem que saber. Saber intimamente e coisas maravilhosas começarão a acontecer para você.

Não julgue o mundo ou julgue pelas aparências. Não julgue os outros. Se você se encontra em uma determinada situação, não ache que isso é ruim ou algo está errado com isto. Mas veja a situação pelo olhar da Consciência. Veja as pessoas que estão associadas com a Consciência. Lembre-se de que Consciência é uma bênção.
 
É bondade. É Deus.
É a suprema alegria."

Robert Adams em Satsang ( The Collect Works by Robert Adams)





quinta-feira, 21 de março de 2013

De onde vem o nosso comportamento?


Nossas vidas não são controlados por nossas intenções e desejos pessoais como podemos inerentemente acreditar. Faça as contas! Nosso destino está realmente sob o controle das experiências pré-programados gerenciados pela mente subconsciente. Os programas mais poderosos e influentes na mente subconsciente foram transferidos para a consciência no período profundamente importante formativa entre gestação e seis anos de idade. Agora aqui está o problema - esses programas vida moldam subconscientes são downloads diretos derivados observando nossos professores primários ... nossos pais, irmãos e da comunidade local. Infelizmente, como psiquiatras, psicólogos e conselheiros estão conscientes, muitas das percepções adquiridas sobre nós mesmos no período de formação são expressas como uma limitação e auto-sabotagem de crenças.

Desconhecido para a maioria dos pais é o fato de que suas palavras e ações estão sendo continuamente registradas por mentes de seus filhos. Consequentemente, quando informar o seu filho que ele ou ela não merece coisas, ou que eles não são bons o suficiente, ou inteligente o suficiente, ou que estejam doentes, esses pronunciamentos são descarregados diretamente no subconsciente de seu filho. Uma vez que o papel da mente é fazer com que a coerência entre seus programas e na vida real, o cérebro gera respostas comportamentais apropriadas aos estímulos da vida para garantir a "verdade" das percepções programadas.

Vamos aplicar esse entendimento ao comportamento na vida de alguém. Considere que você era uma criança de 5 anos de idade, fazendo uma birra no Walmart sobre seu desejo de ter um determinado brinquedo. Em silenciar o seu desabafo, o seu pai gritou: "Você não merece coisas!". Você agora é um adulto e em sua mente consciente que está a considerar a idéia de que você tem as qualidades e poder para assumir uma posição de liderança em seu trabalho. Enquanto no processo de entreter este pensamento positivo na mente auto-consciente, todos os seus comportamentos estão sendo gerenciados automaticamente pelo programa em sua mente subconsciente mais poderoso. Desde que seus programas comportamentais fundamentais são aqueles derivados em seus anos de formação, a advertência de seu pai, de que "você não merece coisas", pode tornar-se diretiva automatizado do subconsciente. Então, enquanto você está entretendo pensamentos maravilhosos de um futuro positivo e não prestar atenção, sua mente subconsciente é automaticamente envolve auto-sabotagem comportamento para assegurar que a sua realidade coincide com o seu programa de não-merecedor.

Agora aqui está o problema - Comportamento é controlado automaticamente por programas mente subconsciente, quando a mente consciente não está focada no momento presente. Quando a mente consciente reflexivo está preocupado em pensamento e não prestar atenção, não observar os comportamentos automáticos derivados do subconsciente. Desde que 95% ou mais do nosso comportamento é derivado da mente subconsciente ... então a maioria de nosso próprio comportamento é invisível para nós!

Por exemplo, considere que você conhece intimamente alguém e você também sabe do seu pai. De sua perspectiva, você vê que o comportamento de seu amigo se assemelha ao seu pai. Então um dia você casualmente observar para o seu amigo algo como: "Você sabe que Maria, é igual a sua mãe." Para trás! Em estado de choque descrença e, talvez, Maria provavelmente responderão com "Como você pode dizer isso!" A piada cósmica é que todo mundo pode ver que o comportamento de Maria lembra de sua mãe , exceto Maria. Por quê? Simplesmente porque, quando Maria está se envolvendo os programas subconscientes comportamentais é baixados em sua juventude a partir da observação de sua mãe, é porque sua mente consciente não está prestando atenção. Nesses momentos, seus programas subconscientes automáticos operam sem observação.

Outro exemplo conhecido de como o comportamento "invisível" funciona: Você está dirigindo seu carro enquanto tendo uma conversa intensa com um amigo no banco do passageiro. Você se torna tão envolvido na discussão que só mais tarde, quando o seu olhar retorna para a estrada, você percebe que você não tinha prestado atenção à condução para os últimos dez minutos. Desde que a mente consciente estava preocupado com a conversa, o carro estava sendo conduzido pela mente subconsciente do "piloto automático" modo. No entanto, se lhe pedissem para descrever o seu comportamento de condução durante esses 10 minutos, você seria obrigado a dizer: "Eu não sei ... Eu não estava prestando atenção." Ah! Esse é o ponto - quando a mente consciente está ocupado, não observamos nossos próprios comportamentos subconscientes programadas.

Conseqüentemente, quando a vida não funciona como planejado, raramente reconhecemos que estávamos muito provavelmente contribuindo para nossas próprias decepções. Uma vez que geralmente não sabem a influência de nossos comportamentos próprio subconsciente, nós naturalmente percebemos de nós mesmos como vítimas de forças fora de nós quando as coisas não funcionam como desejado. Infelizmente, assumindo o papel de vítima significa que assumimos que somos impotentes para manifestar nossas intenções. Nada está mais longe da verdade! O principal determinante na formação do destino de nossas vidas é o banco de dados de percepções e crenças programadas em nossas mentes.


Assumir a responsabilidade pessoal

As conclusões da biologia "novo" proporcionar uma mudança radical em nossas crenças convencionais de como a vida funciona. Em contraste com a noção de que somos autómaticos  bioquímicos conduzidos pelos genes, as novas descobertas revelam que é a mente que controla os genes, os quais por sua vez determinam a biologia e comportamento. A mente auto-consciente, associado com a nossa identidade individual e manifestação de pensamentos, é orientada por nossos próprios desejos pessoais e intenções.

Enquanto nós geralmente percebemos que a nossa mente consciente é "controlar" o show, a neurociência tem estabelecido o fato de que 95% do nosso comportamento está sob o controle da mente subconsciente mais poderoso. Como a maioria de nossos problemas pessoais e culturais decorrem do fato de que os comportamentos derivados da mente subconsciente são essencialmente invisível para nós, que raramente observam nosso comportamento automatizado.

Para agravar o problema é o fato de que os programas fundamentais na mente subconsciente são derivados de outros, pessoas que geralmente não compartilham seus objetivos e aspirações pessoais. Enquanto a nossa mente consciente está tentando mover-nos em direção aos nossos sonhos, sem o conhecimento dos nossos programas subconscientes são simultaneamente atirando no próprio pé e impedindo nosso progresso.

A mente subconsciente é simplesmente um "registro de reprodução" mecanismo que baixa experiências em "fitas de comportamento." Enquanto a mente consciente está associada com a criatividade, a função da mente subconsciente é envolver programas previamente gravados. Ao contrário de auto-consciência que é supervisionado por uma entidade (você), a mente subconsciente está mais relacionado a uma máquina, ou seja, não há pensamento consciente, entidade que controla os programas subconscientes.

Temos todos sido algemados com correntes emocionais provocadas por comportamentos disfuncionais programados pelas histórias do passado. No entanto, a próxima vez que você está falando "você mesmo" com a esperança de mudar os programas subconscientes sabotagem, é importante perceber a seguinte informação. Usar a razão para se comunicar com o seu subconsciente, em um esforço para mudar seu comportamento seria, essencialmente, têm a mesma influência quanto tentar alterar um programa em uma fita cassete, conversando com o jogador de fita. Em nenhum dos casos existe uma entidade no mecanismo que irá responder ao seu diálogo.

Programas subconscientes não são fixas, imutáveis ​​comportamentos. Temos a capacidade de reescrever nossas crenças limitantes e no processo de assumir o controle de nossas vidas. No entanto, para mudar os programas subconscientes requer a ativação de um outro processo que apenas se engajar em um diálogo contínuo com a mente subconsciente. Há uma grande variedade de processos eficazes para reprogramar crenças limitantes, que incluem a hipnoterapia clínica, atenção budista e uma série de modalidades desenvolvidas recentemente e muito poderoso colectivamente referidos como psicologia energética.  

Tradutor : google
Autor: Bruce H. Lipton

Fonte: Waking Times 

quarta-feira, 20 de março de 2013

Sobre o uso de drogas


Osho,
Quando eu fumo maconha, eu sei quem eu sou. Eu sinto Deus dentro de mim. Eu o vejo em todo mundo. Eu converso com a grama, eu converso com as flores, e elas me respondem. Eu me sinto feliz, completamente contente. Mas eu descobri que quando fumo eu sinto uma pressão em minha cabeça, que me preocupa. Eu não sei se eu devo fumar ou não, mas isto me dá uma grande esperança quanto ao futuro. Ao fumar maconha, eu tenho visões de onde eu gostaria de estar.

OSHO: Mm mm. (uma pausa) Isto é apenas ilusório e não uma verdadeira esperança. A coisa toda é uma ilusão química e a mudança química pode estar lhe dando a pressão na cabeça, porque toda essa coisa acontece no seu sistema nervoso. Isso pode lhe dar uma pressão, que é uma simples indicação para parar com isto. Isto pode ser perigoso mais tarde: pode destruir alguns nervos essenciais do cérebro. Isto é destrutivo, é um sonho de custo elevado. Ele é bonito, mas, mesmo que um sonho seja bonito, ele é um sonho, e pela manhã você estará de volta à realidade. E seu custo é muito alto.
      Se você usar por muito tempo, isto fará a sua inteligência deteriorar. As pessoas que usam maconha ou coisas semelhantes por longo tempo tornam-se idiotas. A inteligência delas perde a argúcia, porque é danoso ter a pressão química nos nervos todos os dias. E você não está alcançando nada! Eu não estou preocupado com o custo. Se algo verdadeiro estivesse sendo alcançado, então qualquer que fosse o custo valeria a pena. Mas você não está ganhando coisa alguma em troca – apenas uma ilusão.
      Se quando usa maconha você sabe quem você é, isto não tem qualquer importância. Você tem que saber quem você é quando está alerta, consciente, completamente natural, sem pressão alguma criando coisas em você. É aí que você tem que saber quem você é.
      Para tornar-se iluminado é preciso que seja de uma maneira muito comum, só então a iluminação é verdadeira. Pode-se encontrar atalhos, mas todos os atalhos são falsos. Não existem atalhos para a realização. Atalhos apenas criam pequenos circuitos dentro de você e libera sonhos e imaginação. Isto não é bom para você nem para ninguém. E esta pressão está indicando que isto está indo profundamente nas suas células cerebrais. É melhor parar o mais rápido possível.
      Criar uma experiência que não é seu estado natural, não tem qualquer utilidade. Ela não lhe dá esperança. Ela simplesmente destrói sua vida e suas oportunidades de se tornar alerta e consciente da realidade como ela é. Não há qualquer necessidade de buscar Deus nas árvores. Se você puder ver as árvores como elas são, já terá percebido tudo. Por que impor Deus? Você não precisa ver Deus em quem quer que seja. Se você puder ver a pessoa real, ali de pé, isto é o suficiente. Deus simplesmente significa realidade, a realidade comum que circunda você.
      Quando eu digo que Deus está nas árvores, eu não quero dizer que você tem que ver Deus nas árvores, que uma cabeça vai florescer na árvore e então aparecerá alguém que olhará para você e terá um encontro e um diálogo com você, e lhe dirá. ‘Alô!’ Quando eu digo veja Deus nas árvores, eu simplesmente quero dizer para ver as árvores como elas são, sem que você traga qualquer idéia sua. Veja a verdade da árvore. Este é o Deus da árvore, a sua cor verde, a sua flor, a sua alegria, o seu enraizamento, a sua força e fragilidade. Veja a verdade dela sem trazer qualquer noção de sua cabeça.

      Agora, Deus é sua noção. Em seu estado normal, você não consegue ver, porque você não é tolo. Como você consegue fazer de si mesmo um tolo? Como você consegue ver Deus na árvore? Uma árvore é uma árvore. Como você consegue ver Deus nela? Você não consegue fazer de si um tolo, mas quando você usa maconha, você se torna um tolo, aí fica muito fácil tornar-se um tolo. Você consegue ver Deus, ou um búfalo, ou qualquer coisa na árvore. Você simplesmente tem que manter essa noção em sua mente. Quando a maconha começa a agir e mudar a sua química, você tem que estar constantemente se lembrando de uma coisa – que a árvore é Deus... ou o Demônio... Um dia tente procurar pelo demônio e você o verá.
      Então isto não está na árvore; isto está na sua mente e você projetou na árvore. A árvore começa a funcionar como uma tela. Agora, em seu estado normal, você não vê a árvore, porque para ver a árvore você tem que estar muito sensível, alerta, observador e completamente no aqui e agora. Porque a árvore não está no passado nem no futuro. Se você estiver no passado ou no futuro nunca irá encontrar a árvore. Você pode passar por ela, mas nunca a encontrará. A árvore está sempre no aqui e agora. Para encontrá-la você tem que estar no aquí e agora. 

 Agora, em seu estado normal, você não vê Deus. Isto está perfeito: o problema não é que você não veja Deus. No seu estado normal, você também não vê a árvore, você simplesmente passa por ela. Ela está ali e não existe encontro algum. Daí, você usa a maconha e tem essas grandes idéias de que Deus está em toda parte. Com essas idéias você entra nisso. É por isto que são necessários guias para as viagens com ácido. Um guia pode lhe dar idéias. Quando você está entrando na mudança química, o guia pode dizer, ‘Olhe, Deus está em todo lugar. Ele está aqui...’ Qualquer idéia que ele sugerir vai começar a funcionar e você começará a projetar.
      Assim, aconteceu de pessoas que eram contra as drogas, fazerem uso delas e só conhecerem o inferno e pessoas que eram a favor delas, usarem as mesmas drogas e conhecerem o céu. Depende de você. A droga não lhe dá coisa alguma. Ela simplesmente faz de você um tolo. Você entra num certo tipo de infantilidade, numa imaginação, na sua faculdade de sonhar. É isto o que a droga faz. Agora fica por sua conta liberar o sonho. Você consegue liberar qualquer sonho que queira. Se você quiser ver monstros, dragões e demônios, todos pulando sobre você e tentando matá-lo, você pode ter isto. A escolha é sua. Ou você pode ver Deus e anjos dançando e cantanto, e Jesus com seus apóstolos sentados ao lado. Isto fica por sua conta, é o seu sonho.
      As drogas podem apenas ajudar a sua faculdade de sonhar para que ela funcione totalmente. É como se você manuseasse um projetor. O filme tem que ser fornecido por você. A eletricidade no projetor não consegue criar o filme. A eletricidade no projetor só consegue fazer com que ele projete o filme que você forneceu. O filme tem que ser fornecido por você e o projetor estar ali. Daí, ele começa a projetar. Se você quiser ver o inferno, você terá que ter um filme de inferno. Se você quiser um filme do céu, ele aparecerá na tela. Isto é exatamente o que a droga faz. Ela simplesmente libera a sua capacidade de sonhar. O sonho começa a funcionar. Mas isto é apenas desperdício de tempo... E a um custo muito grande.
      Saia fora disto. E não procure por Deus nas árvores nem nas pedras; isto é estúpido. Simplesmente procure por árvores, nas árvores; e por pedras, nas pedras. Simplesmente veja a verdade delas, a presença delas. Deixe que a presença seja revelada e em tal revelação você verá que tudo é um.
      E não é apenas através de drogas que ocorrem projeções. Você consegue projetar sem drogas, mas você precisa de algo que possa drogá-lo. Por exemplo, um grande desejo pode se tornar uma droga. Você pode desejar ver Deus numa árvore. Você pode ficar olhando e olhando, e dizer, ‘Eu não comerei, eu não vou me mover daqui, a não ser que eu veja Deus.’ Você pode forçar a sua vontade e o que a droga faz, ela poderá fazer. Vai levar um pouco mais de tempo...
      Assim, as pessoas nas cavernas do Himalaia ao ver Deus, estão fazendo o mesmo. Não é muito diferente. Apenas elas não tomaram a química vinda de fora, elas criaram uma química interna. Você pode criá-la através de posturas de ioga, porque elas mudam a química de seu corpo. Você pode fazê-la através do jejum, porque ele muda a química de seu corpo. Qualquer coisa que pode mudar a química de seu corpo pode ser usada como droga.
      Para ver a realidade, a pessoa tem que estar completamente normal, sem usar coisa alguma, nenhuma vontade, nenhum jejum, nenhuma postura. Ela tem que estar como ela é. Levará um longo tempo para ver a verdade da árvore, mas esse tempo não é um desperdício. Assim não fique apressado, não queira rapidez. Sim, as drogas dão rapidez, mas não seja rápido, não seja apressado. Seja paciente e permita que as coisas cresçam devagar. Todas as coisas verdadeiras crescem vagarosamente: elas têm o seu próprio tempo. Algo tem que amadurecer em você.
      E esteja satisfeito e contente com o que estiver disponível neste momento. Não peça por mais. Eu sei que se você já fez uso de drogas, isto se torna muito difícil porque a droga o atrai. Sem qualquer esforço de sua parte, alguma coisa começa a acontecer. Assim, por que se preocupar com algo mais? Por que meditar e por que estar consciente, se a droga pode desencadear o processo imediatamente?
      A droga tem sido usada ao longo do tempo. Ela não é algo novo. No ocidente ela é algo novo, mas no oriente ela tem sido uma das práticas mais antigas. Mas as pessoas que tomaram drogras por séculos não chegaram a lugar algum.
      Se você quer realmente ver o que existe, você terá que parar com todo tipo de projeção. Isso será enfadonho no começo, não será tão encantador, não terá aquela sedução, aquele fascínio. Mas não há necessidade de fascínio, de sedução. A pessoa deve satisfazer-se com a realidade comum. O que há de errado com as árvores serem como árvores, e os homens como homens e as mulheres como mulheres?
      Se você puder fazer isto por seis meses, sem as drogas, simplesmente vivendo com o comum, sem qualquer desejo pelo extraordinário, mais cedo ou mais tarde você começará a ver a verdade das coisas comuns. E no muito comum, o extraordinário está escondido. Mas você tem que chegar até ele através do comum. O comum é a porta para o extraodinário. A minha sugestão é que você pare com a droga, mm? Pare completamente com ela.

Osho

Um mundo maravilhoso em mãos erradas...


Amado Osho,
Certa vez, você disse que este é um mundo maravilhoso, mas que ele estava em mãos erradas. Eu concordo com todo o meu ser. Eu sinto isso. Mas como poderemos deter essas mãos gananciosas que estão torturando a natureza e escravizando os homens, se não lutarmos e não brigarmos? Não é preciso destruir o velho, para se construir o novo ?

            "Giovanni, essa é uma das armadilhas mais velhas em que o homem tem caído. Sim, eu disse que o mundo é muito belo mas que ele está em mãos erradas - e, imediatamente, a sua mente começou a pensar em como destruir aquelas pessoas erradas, como tirar o mundo dessas pessoas erradas, livrá-lo de suas mãos. Ao invés de transformar a si mesmo, ao invés de transformar a sua própria mente, você imediatamente começa a pensar em termos de política. Eu falo religião e você imediatamente interpreta como política.
        E isso parece lógico, Giovanni, porque isso parece perfeitamente correto: 'Mas como poderemos deter essas mãos gananciosas que estão torturando a natureza e escravizando os homens, se não lutarmos e não brigarmos?'
        Mas, se você lutar e brigar, você acha que será capaz de transformar o mundo e toda essa situação? Ao lutar e brigar, você simplesmente vai se tornar como aquelas pessoas contra as quais você está lutando e brigando. Essa é uma das leis fundamentais da vida. Escolha seus inimigos muito cuidadosamente! Os amigos você pode escolher sem qualquer cuidado. Não há qualquer necessidade de se preocupar com os amigos, porque amigos não têm impacto sobre você, eles não impressionam você tanto quanto os inimigos. É preciso tomar muito cuidado com os inimigos porque você terá que brigar com eles. Ao brigar, você terá que usar as mesmas estratégias e as mesmas táticas deles. E você usará essas estratégias e táticas por anos e anos. Elas irão condicionar você. É assim que tem acontecido ao longo das eras.
      Joseph Stálin revelou-se um czar muito mais perigoso que os czares que haviam governado a Rússia antes do comunismo tomar a direção. Por que? Porque ele aprendeu a estratégia com os czares. Lutando contra os czares, ele teve que aprender os caminhos e os meios; os mesmos caminhos e meios usados pelos czares. Passando toda a vida lutando, praticando violência, com o tempo Joseph Stálin chegou ao poder. Ele foi um czar muito mais perigoso, obviamente, porque ele foi o melhor ao lutar contra os czares. Ele precisou ser mais esperto, mais violento, mais ambicioso e mais maquiavélico. De outra maneira, teria sido impossível vencer os czares.
        E ele fez o mesmo, numa escala muito maior.  Ele venceu todos os czares. Todos os czares, colocados juntos, nunca praticaram tanta violência, tantos assassinatos, quantos fez Joseph Stálin sozinho. Ele aprendeu a lição tão bem que suspeita-se que o líder da revolução, Lênin, foi envenenado pouco a pouco, por Joseph Stalin, adulterando sua medicação. Ele estava doente e, com sua medicação adulterada, ele foi envenenado pouco a pouco e morreu. Se Lênin ainda estivesse vivo, Joseph Stálin seria o homem número três, porque ainda havia um outro homem, Leon Trotsky, que era o número dois. Assim, a primeira coisa a fazer era: como destruir Lênin. E ele o matou. Depois, a segunda coisa era: como matar Trotsky. E ele o matou. Então, ele ficou no poder, e uma vez no poder, ele começou a matar muita gente. Todos os membros do Politburo, os líderes comunistas do mais alto comando, foram mortos por Stalin, um a um. Eles precisavam ser destituídos do poder, porque todos eles conheciam as estratégias.
        Isso aconteceu com todas as revoluções no mundo.
        Agora, quando eu digo que este mundo é muito belo, mas ele está em mãos erradas, eu não quero dizer para você começar a lutar contra aquelas mãos erradas. O que eu quero dizer é: por favor, não seja aquelas mãos erradas, e isso é tudo.
        Eu não ensino revolução, eu ensino rebelião, e a diferença é grande. Revolução é política e rebelião é religiosa. Revolução necessita que você se organize como um partido político, como um exército, e lute contra os inimigos. Rebelião significa que você se rebela enquanto indivíduo, você simplesmente sai fora, desiste de todo esse esquema. Pelo menos você não deve destruir a natureza.
        E se mais e mais pessoas se tornarem 'desistentes', o mundo poderá ser salvo. Essa será a verdadeira revolução, não política. Ela será espiritual. Se mais e mais pessoas abandonarem as velhas mentes e seus caminhos, se mais e mais pessoas se tornarem mais  amorosas, se mais e mais pessoas forem não-ambiciosas, se mais e mais pessoas forem não-gananciosas, se mais e mais pessoas não estiverem mais interessadas em poder político, em prestígio, em respeitabilidade...
        Isso é o sannyas! Sannyas é abandonar o velho e podre jogo, e viver a sua vida por si mesmo. Não é uma briga contra o velho, é simplesmente sair das garras do velho, e essa é a única maneira de enfraquecê-lo, essa é a única maneira de destruí-lo.
        Se milhões de pessoas no mundo simplesmente escapassem das mãos dos políticos, os políticos iriam morrer por si mesmos. Você não consegue lutar contra eles. Se você lutar, você mesmo se torna um político. Se você lutar contra eles, você se torna ambicioso, você se torna ganancioso. Isso não irá ajudar.
        Seja um 'desistente'. E você tem uma vida pequena: por cinqüenta, sessenta ou setenta anos você poderá estar aqui. Você não pode ter esperança de transformar o mundo, mas você pode ter esperança de ainda poder curtir e amar o mundo.

        Use a oportunidade desta vida para celebrar tanto quanto for possível. Não a desperdice em brigas e lutas.
        Eu não estou criando uma força política aqui, não, absolutamente. Todas as revoluções políticas fracassaram tão completamente que somente os cegos podem continuar acreditando nelas. Aqueles que têm olhos podem lhe ensinar alguma coisa nova.
        Isso é alguma coisa nova! Isso foi feito antes também, mas não em larga escala. Nós temos que fazer isso em larga escala: milhões de pessoas têm que se tornar 'desistentes'! Por 'desistentes' eu não quero dizer que vocês têm que deixar a sociedade e ir para as montanhas. Você segue vivendo na sociedade, mas você deixa a ambição, você deixa a cobiça, você deixa o ódio. Você vive na sociedade e é amoroso; vive na sociedade como um ninguém.
        Nós podemos mudar o mundo todo, mas não pela luta. Não desta vez. Chega! Nós temos que mudar este mundo pela celebração, pela dança, pelo canto, pela música, pela meditação, pelo amor, não pela briga.
        O velho tem que cessar, para que o novo surja, mas, por favor, não me interprete mal.
        Giovanni é um italiano e a Itália moderna é política em demasia; todo o pensar é político. Toda mente italiana é obcecada por política. Talvez seja porque eles estão cheios do Vaticano católico, do papa e de todas essas tolices. Eles viram tanto isso que passaram para o outro extremo.
        Certamente o velho tem que cessar, mas o velho está dentro de você, não fora. Eu não estou falando das velhas estruturas da sociedade, eu estou falando da velha estrutura da sua mente, a qual tem que cessar para que o novo surja. E é incrível, inimaginável, inacreditável como um simples homem abandonando a velha estrutura da mente cria um espaço tão grande para muitos transformarem as suas vidas. Um simples homem transformando a si mesmo, torna-se um desencadeador. E então, muitos outros começam a mudar. A sua presença se torna um agente catalisador.
        Essa é a rebelião que eu ensino: você abandona a velha estrutura, você abandona a velha cobiça, você abandona o velho idealismo. Você se torna uma pessoa silenciosa, meditativa, amorosa. Você será mais uma dança e então verá o que acontece. Alguém, mais cedo ou mais tarde, irá juntar-se à dança com você, e depois, outras pessoas mais. Foi assim que aconteceu aqui.
        Lao Tzu diz que você não precisa sair do seu quarto. Tudo pode acontecer enquanto você vive dentro de seu quarto. Mas Lao Tzu teve que sair. Ele costumava ir em seu búfalo, movimentando-se de uma vila a outra. Eu tenho seguido o seu conselho. Eu nunca saio de meu quarto.
        A pequena Hasya vive no Lao Tzu*. Outras crianças perguntam a ela: "algumas vezes você vê o Osho andando pela casa?' Mas ela ainda não me viu, então, o que ela pode dizer?
        Eu estou simplesmente vivendo no meu quarto e todos vocês vieram de diferentes cantos do mundo. Isso é um milagre! Por que vocês vieram? E muito mais estão a caminho, eles chegarão logo. Este lugar vai se tornar uma tremenda força no mundo, uma força transformadora no mundo. Ele vai se tornar uma explosão espiritual, mas nós não vamos lutar contra ninguém, nós não vamos brigar com ninguém.
        Eu não tenho qualquer inclinação política. Eu sou totalmente contra a política. Sim, o velho tem que cessar para que o novo surja, mas o velho tem que cessar dentro de você, então o novo surgirá aí. E uma vez que o novo esteja dentro de você, o novo é contagioso, e começa a se espalhar em outras pessoas.
        A alegria é contagiosa! Ria e você verá outras pessoas começando a rir. Assim é com a tristeza; fique triste e alguém olhando para a sua face séria, de repente se tornará triste. Nós não somos separados, nós estamos juntos, ligados. Assim, quando o coração de alguém começa a rir, muitos outros corações começam a ser tocados, algumas vezes até corações distantes.
        Vocês vieram de locais tão distantes. De alguma maneira, o meu riso  alcançou vocês, de alguma maneira, o meu amor alcançou vocês. De alguma maneira, por algum caminho misterioso, o meu ser tocou o seu ser e vocês vieram até aqui, enfrentando todas as dificuldades. Mil e uma dificuldades estão sendo criadas, e muitas outras serão criadas. Embora eu não esteja lutando contra ninguém, ainda assim, aqueles que estão no poder ficam com medo porque eles não conseguem pensar que possa haver um homem sem inclinação política. Eles não conseguem acreditar que possa haver um homem que possa atrair milhares de pessoas e não use o poder dessas pessoas para alcançar algum poder político, algum status político. Eles não conseguem acreditar nisso! Como eles podem acreditar nisso? Eles só conseguem entender o caminho que eles conhecem.
        Assim, os políticos ficam com medo e estão criando todo tipo de barreiras. Mas isso não vai dificultar ninguém. Na verdade, isso irá ajudar-me tremendamente! Eu me tornarei um desafio para todas as pessoas corajosas. Isso poderá impedir uns poucos covardes, e será bom se eles forem impedidos, porque aqui eles não terão qualquer proveito. Na verdade isso será como uma tela dizendo: só as pessoas que podem ser beneficiadas por mim chegarão aqui. Assim, isso é bom. Qualquer obstáculo que for criado será bom.
        Mas eu não estou lhe ensinando a brigar contra coisa alguma. Sempre que você briga contra alguma coisa, você se torna um reacionário, porque isso é uma reação, você se torna obcecado a respeito de alguma coisa, você fica contra aquilo. E então existe toda a possibilidade de que a coisa que você está contra, o domine. Talvez de uma maneira negativa, mas ela dominará você.
        Friedrich Nietzche era contra Jesus Cristo, em demasia. Mas a minha análise de Friedrich Nietzche é que ele era muito impressionado com Jesus Cristo, por isso ele era contra ele. Ele estava obcecado, ele estava realmente tentando tornar-se um Jesus Cristo do seu próprio jeito. O seu grande livro Assim Falava Zaratustra, é um esforço para criar um novo evangelho. A linguagem que ele usa, as metáforas que ele usa, a poesia que ele usa, certamente lembram Jesus Cristo, embora fosse contra ele. Ele nunca perdia uma oportunidade sequer; se ele pudesse condenar Jesus, ele imediatamente condenava. Mas Jesus era repetidamente lembrado. Ele estava obcecado.
      Quando ele enlouqueceu, na última fase de sua vida, ele passou a assinar suas cartas como 'Anti-Cristo Friedrich Nietzche'. Ele não conseguiu esquecer-se de Jesus, nem mesmo quando ele se tornou louco. Primeiro ele escrevia 'Anti-Cristo' e depois ele assinava. Você pode ver a obsessão, a profunda inveja que ele tinha de Jesus e que o dominou por toda a vida. Isso destruiu a sua imensa criatividade. Ele poderia ter sido um rebelde, mas ele reduziu-se a um reacionário. Ele poderia ter trazido alguma coisa nova para o mundo, mas ele não conseguiu. Ele permaneceu obcecado em relação a Jesus.
        Eu não sou contra nada nem ninguém. Eu não quero que você seja livre de alguma coisa, eu simplesmente quero que você seja livre. Veja a diferença: 'liberdade de' nunca é total; aquele 'de' o mantém na armadilha do passado. 'Liberdade de' nunca pode ser liberdade verdadeira. Nem a 'liberdade para' pode ser liberdade verdadeira; ela está à procura de uma nova escravidão. E essas 'liberdade de' e 'liberdade para' quase sempre seguem juntas como dois lados de uma mesma moeda.
        O que eu ensino é simplesmente liberdade, nem 'de' nem 'para', simplesmente liberdade. Nem contra o passado, nem a favor do futuro, mas simplesmente estando no presente. "

Osho



terça-feira, 19 de março de 2013

Prosperidade

“A fortuna vai em direção àqueles que possuem a mente preparada para atraí-la.” 
(Napoleon Hill)

 Joseph Murphy  -

1001 maneiras de enriquecer


“Um homem de negócios, meu amigo, de Beverly Hills, disse-me em sua loja: “Meu irmão está no mesmo ramo de negócio que eu apenas a três quarteirões de distância: está prosperando bastante e praticamente “nadando em dinheiro”. Recentemente admitiu mais dois empregados. Eu, entretanto, mal consigo ganhar para as despesas. Nada existe quanto à localização da loja ou à mercadoria; a causa devo ser eu mesmo!
Observei-lhe que o fato de ficar rico e de progredir na vida não se resumia a um certo negócio ou localização, que a riqueza estava na mente dos homens e que alguns homens de grande talento permaneciam pobres e frustrados, enquanto outros, de muito menos talento ou educação, prosperavam além de suas melhores expectativas. Falei-lhe, então, sobre as três etapas para conquistar infalivelmente a riqueza. Meu amigo seguiu essas três etapas e prosperou de forma notável.

Primeira etapa: Nunca faça uma afirmação negativa sobre o seu estado financeiro, tal como: “Não posso pagar o aluguel”, “Não consigo ganhar para as despesas”, “Os negócios vão muito mal”, “Não posso pagar minhas contas”, etc. Ao lhe ocorrer um pensamento negativo, substitua-o pela afirmação: “Tenho um estoque infinito em meu íntimo e todas as minhas necessidades são satisfeitas instantaneamente”. Pode ser necessário ter de repeti-la cinqüenta vezes por hora, mas persista que o pensamento negativo deixará de o preocupar.

Segunda etapa: Adquira o hábito, durante o dia, de ondicionar sua mente às riquezas divinas, afirmando: “Deus está empre presente para ajudar-me nas dificuldades” e “Deus é a fonte instantânea e imediata de meus recursos, proporcionando-me todas as idéias necessárias em todos os momentos e portunidades”.

Terceira etapa: Ao dormir, todas as noites, repita esta grande verdade: “Sou grato a Deus por suas riquezas sempre presentes, imutáveis e eternas”.

Esse homem de negócios seguiu fielmente essa prescrição espiritual e progrediu extraordinariamente;
Recentemente, disse-me ele: “Minha mente era um ermo e em deserto; nada havia ali a não ser as sementes da ignorância, o medo e da autodepreciação, além de um sentimento de inutilidade. Atualmente, estou no caminho da vitória, da realização da prosperidade”.
$$$



Acredito que podemos se referir ao nosso 
Deus interior pois somos uma centelha Divina.
Eveline Druziki.

Veja também:
Afirmações Positivas para a PROSPERIDADE  








segunda-feira, 18 de março de 2013

O amadurecimento da Alma

A natureza da consciência é que ela evolui. Tudo consiste de consciência. Não local da consciência é a base de todo ser. Você é uma expressão da consciência infinita que não conhece fronteiras. Aquele que olha para fora através de seus olhos, o que parece ser a consciência individual, evolui. Ele estava evoluindo antes de colocar a roupa do corpo que  atualmente habitam. Ele evolui nesta vida. Ele continua a evoluir após a consciência deixar o corpo. Não há começo nem fim para você.

Então, o que é a natureza de onde nos encontramos, localizado no tempo e no espaço? Que lugar é esse? É uma história, real e irreal. A evolução ocorre em resposta à crise. E a partir do momento que você entra neste domínio, chorando, com fome e indefeso, a crise começou. E, portanto, a alma começou uma nova etapa na sua evolução.

E então em um dia ou em uma noite, a mente vai tropeçar em cima de uma questão simplesmente que não pode deixar de ir. Dentro dos estreitos limites de tempo e espaço, a mente vai perguntar "Qual é o ponto?" E, assim, a crise de auto descobriu uma nova dimensão.

Um ponto, o ponto, é algo que apenas podem ser localizados no tempo e no espaço. Onde mais um ponto a encontrado? E ainda tempo e espaço são apenas uma fração do que o campo ilimitado de consciência que poderíamos chamar de "realidade". Quando se chega a este ponto de crise, dentro da história, este é o convite para transcender. A crise é o convite.

Muitas vezes pode parecer à primeira vista que a solução para esta crise pode ser encontrada no mundo. E pode-se pesquisar este mundo, à procura de respostas. E não existe escassez de conceitos atraentes, sistemas de crenças e personalidades, que  temporariamente satisfazem esta necessidade de resolver a crise. A tentação pode ser executado, para ancora-la e para declarar: "Eu encontrei-o!"

E pode-se aquecer esta ilusão até que a ilusão é visto pelo que ele é, e desaparece ilusão. Quando se desvanece ilusão, estas coisas já não satisfazem. E quando a mente se torna insatisfeito, ocorre uma crise. E em que a crise, encontra-se o convite para ir mais fundo.

Quando as respostas dadas por este mundo, escapar como areia caindo do forte aperto de suas mãos, o convite para ir mais fundo é inegável. E, no entanto, o auto-conceito, com o seu mandato para sobreviver, vai fazer tudo em seu poder para negar.

A tentação surge como uma série de erros. E, neste mundo, há indústrias inteiras que existem para explorar esse ponto de vista. Os proprietários de tal indústria prometem corrigir você, para te fazer tudo novamente. Mas eles não podem. Ainda assim, pode precisar visitar este lugar para saber com certeza. E com o tempo, você vai encontrar-se, de volta ao começo, de volta à crise inicial de si mesmo.

Por que este processo de evolução é tão difícil? Se soubesse, como fazer para que seja mais fácil? A natureza deste lugar que nos encontramos é tal que a evolução ocorre em resposta à crise. E, claramente, estamos aqui para evoluir. Por que este processo de evolução, o amadurecimento da alma, porque é tão doloroso? Nem sempre tem que ser. Onde está a dor? Onde ele está? Não é dentro de seu auto? Você não é a origem dele? Onde, além do corpo e da mente, que esta dor existe?

O mundo material é uma parte do mundo espiritual. Eles não estão separados. Não é um ou outro. O mundo material é uma expressão do mundo espiritual. Então por que não aproveitar?

Quem é o autor de tudo isso? Quem está escrevendo a sua história? Se a sua consciência individual é uma parte da consciência infinita, uma gota de água num mar sem fim de consciência, então quem é você? Não é que a verdadeira pergunta que você tem procurado em um todo? Essa questão também olha para trás, para dentro de você. Você é o autor, você é o protagonista e você é o antagonista na história. Não há história sem conflito. E a evolução ocorre em resposta ao conflito. Você pode estar em paz com isso?

Autor: Eric Allen Bell

Fonte :Waking Times.


sábado, 16 de março de 2013

Conversemos através da alma


Vem.
Conversemos através da alma.
Revelemos o que é secreto aos olhos e ouvidos.
Sem exibir os dentes, sorri comigo, como um botão de rosa.
Entendamo-nos pelos pensamentos, sem língua, sem lábios.
Sem abrir a boca, contemo-nos todos os segredos do mundo,
como faria o intelecto divino.
Fujamos dos incrédulos que só são capazes de entender
se escutam palavras e vêem rostos.
Ninguém fala para si mesmo em voz alta.
Já que todos somos um, falemos desse outro modo.
Como podes dizer à tua mão: "toca", se todas as mãos são uma?
Vem, conversemos assim.
Os pés e as mãos conhecem o desejo da alma.
Fechemos pois a boca e conversemos através da alma.
Só a alma conhece o destino de tudo, passo a passo.
Vem, se te interessas, posso mostrar-te.

Rumi




A magia do Limão...e uma limpeza para o final de Ano!

LIMPEZA ENERGÉTICA DA CASA COM LIMÃO - PODEROSA APROVEITE O FINAL DO ANO E LIMPE O ASTRAL DA SUA CASA Essa limpeza é in...

Veja mais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...