segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Inspire e expire: seja o caminho.

Por : Flavia Melissa 
Inspire e expire. Por maiores que sejam seus desafios, está tudo bem. Você está imerso no mundo da tridimensionalidade e o plano regido pela dualidade tem os seus extremos. Há conforto e há desconforto. Há prazer e há incômodo. Há o bom e o ruim. Inspire e expire.
Inspire e expire a polaridade de estar vivo. Não há experiência sem contraste e o contraste é fundamental para que possamos ter sensações. Como saber o que é bom sem o ruim? Como podemos experimentar o prazer de um sorriso sem conhecer a dor de uma lágrima? E, mais do que tudo: como poder escolher sem entrar em contato com ambos os lados da moeda? Inspire. Expire.
Inspire e expire e compreenda: vida é movimento, é aqui e ali, é luz e é sombra e não há a possibilidade de permanecer em apenas um dos pratos da balança sem que o outro, mais cedo ou mais tarde, te arrebate. E, ainda assim: está tudo bem. Está tudo certo. De fato, o que não mata fortalece e nos faz aprender. Então aprenda o que tiver que aprender e siga em frente: não resista ao desconforto que ele se esvai em si mesmo e desaparece. Inspire e expire.
Inspire e expire e inspire e expire quantas vezes se fizerem necessárias até que você se lembre de quem é e do que está fazendo aqui: aprendendo a amar incondicionalmente. Ainda não ter aprendido a exercitar este tipo de amor não te torna um fracassado, e sim alguém que ainda está no caminho. Inspire o caminho. Expire o caminho.
Inspire e expire: seja o caminho. 
Eu te amo, por favor me perdoa, sinto muito, agradeço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Saia do "e se fosse assim"?

Você precisa aprender a curtir o que está acontecendo agora e sair desse lance do "e se fosse assim?" ou "e se for assim...

Veja mais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...