sábado, 2 de janeiro de 2016

Todos os vícios começam com dor e acabam com dor.

Todos os vícios nascem de uma recusa inconsciente de enfrentar a própria dor e de se movimentar através da mesma. Todos os vícios começam com dor e acabam com dor. Seja qual for a substância de que você seja dependente (álcool, comida, drogas legais ou ilegais ou uma pessoa), está a usar algo ou alguém para encobrir a dor que sente.
É por esse motivo que, depois da euforia inicial ter passado, há tanta infelicidade, tanta dor nas relações íntimas. Elas não provocam dor ou infelicidade. Trazem ao de cima, isso sim, a dor e a infelicidade que já existem dentro de si. Todas as dependências o fazem. Todas elas chegam a um ponto em que deixam de funcionar e, nesse momento, você sente a dor com mais intensidade do que nunca.
Esta é uma das razões pelas quais a maior parte das pessoas está sempre a tentar escapar do momento presente e a procurar alguma espécie de salvação no futuro. A primeira coisa que elas podem encontrar, se concentrarem a atenção no Agora, é a própria dor e é desse facto que têm medo. Se soubessem como é fácil aceder ao poder da presença que dissolve o passado e a sua dor, a realidade que dissolve a ilusão, no Agora... Se soubessem como estão perto da sua própria realidade, como estão perto do seu ser Divino. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Feliz Natal e um maravilhoso Ano Novo

Há mais, muito mais, para o Natal do que luz de vela e alegria; É o espírito de doce amizade que brilha todo o ano. É consideração e bond...

Veja mais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...