terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Sintonia é nós tornar IGUAIS .

Tendemos a nos concentrar tanto em nossos problemas e no que nós queremos que temos pouco ou nenhum espaço mental para dedicar ao problema da outra parte e ao que ela quer.
Quando pedimos um aumento de salário, por exemplo, estamos tão focados em resolver o nosso problema que muitas vezes nem consideramos o orçamento apertado.
Queremos tanto voltar a nos sentir bem num conflito com nosso parceiro ,mas não damos o tempo para ele (a) revelar o que está sentindo.

A desorganização do outro nos deixa tão incomodados que partimos para as exigências, sem entender o que o leva a este estado externo de confusão.
O Não que escutamos com tanta frequência seria bem reduzido, se tivéssemos um botão que desligasse 4 coisas em nós:
Julgar a nós mesmos, culpar os outros, temer a escassez e rejeitar quando somos rejeitados.
Teríamos a lucidez e a calma para a ESCUTA compassiva.
Entender o que se passa com o outro- 1) que ele se julga duramente, 2) culpa você e muitas outras pessoas pelos seus problemas, 3) teme pela falta e 4) se defende das possíveis rejeições.
Você poderia ver no outro com lucidez o que acontece DENTRO de você .
Desligado o seu botão de temores a sua empatia aflora. E quando você sente o outro e percebe no outro o que você desligou em você, a compreensão que você sente pelo outro, se torna a sua ferramenta para conquistar a parceira para resolver as suas próprias questões.
Sintonia é nós tornar IGUAIS . É nos compreender. É entender a fraqueza do outro como nossa própria fraqueza. É humanizar as nossas relações. SOMOS TODOS UM.

Por: Rosalia Schwark



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você atrai o que você é!

Quem nós pensamos que somos está intimamente ligado a como nos consideramos tratados pelos outros. Muitas pessoas se queixam de que n...

Veja mais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...