segunda-feira, 25 de abril de 2016

Perdoe para seguir a diante...

Perdão não é um aval para que o outro me fira, nem sinônimo de bondade, de “dar a outra face”. Perdão tem a ver com livrar-se do sentimento corrosivo de que foi injustiçado, de que alguém te fez mal.

Pode ser que realmente tenha feito, mas considere que tudo o que pensa está relacionado a perspectiva de onde você está hoje e não necessariamente reflete as complexidades da vida e das relações.
Lembre-se, todo santo é ou já foi diabo para alguém, inclusive você. Perdoar não significa ser amigo, conviver, dar beijinho no rosto, mas seguir adiante em liberdade, sem cultivar em sua consciência a sensação de que tem o “direito” de condenar quem quer que seja. Você não tem. Você quase não enxerga além das próprias causas, como pensa que sabe as intenções do outro?
E depois que perdoar, como lidar com a pessoa? O que fazer? É você quem decidirá, pode ser que retomem, pode ser que não se falem novamente, creio que isso não seja tão importante. O que vale é que, decida por qual caminho decidir, o fará em liberdade, com a leveza de quem simplesmente largou a âncora do rancor e resolveu seguir adiante. Trata-se de uma escolha. Uma escolha sua.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Saia do "e se fosse assim"?

Você precisa aprender a curtir o que está acontecendo agora e sair desse lance do "e se fosse assim?" ou "e se for assim...

Veja mais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...