terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Ciúmes é amor?

Ciúmes é posse, projeção e insegurança. Nunca é amor.

Quando o ciúmes entra , o relacionamento começa a perder sua essência , que é a aceitação e aprovação de quem sou , por um outro que me ama e quer dividir seu tempo e espaço comigo.
Quando o controle começa a mostrar suas " garras" é sinal que não existe confiança, respeito por nossa individualidade, respeito pelas nossas interações com o restante do mundo.

O ciumento quer que sua vida se resuma nele e não se expanda com ele. A posse é a forma de tratar o outro como um objeto sem vida própria. Ela é " minha" .....transforma o outro em inanimado, um ser sem vontades próprias. Você pode acreditar que alguém com ciúmes está amando???????

O ciumento projeta o seu mundo no outro. Aquilo que ele seria ou é capaz de fazer, ele acredita que você também pode. Ele não está falando de realidade, ele está falando da sua própria realidade, cheia de possibilidades que ele é capaz de vivenciar. Não confunda ,cuidado, dedicação , carinho , alguns ingredientes do amor, com as projeções distorcidas do ciúmes.

A pessoa ciumenta não é excesso de amor por uma pessoa, e sim, falta de amor por si mesma. O ciumento é uma pessoa insegura se expressando e não uma pessoa amorosa se expressando. Os filmes de terror que passam na sua mente e que infernizam a sua vida e a vida dos outros é a maior demonstração de sua baixa autoestima e do pouco valor que acredita ter.

O ciúmes nunca deve ser entendido com compreensão, porque ele deve ser barrado e não estimulado.
Você é ou vive em uma relação com o ingrediente do ciúmes? Você precisa ser curado com uma forte dose de AMOR PRÓPRIO!!!!!!

Rosalia Schwark




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...