quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Em que universo você vive?

Vejo muitas pessoas que se tornam obcecadas por seus problemas e se esquecem de buscar a cura.
Superar a nossa história não significa gastar anos, dias e horas buscando causas para todos os nossos problemas e pondo a culpa em acontecimentos passados. Há um risco de que se torne tão focada no passado que seja impossível registrar qualquer progresso na solução dos problemas no presente.
Ficamos tão envolvidos com a negatividade que literalmente ficamos cegos para as oportunidades. 
Por exemplo, se fosso colocado um tapa-olho em um bebê durante seu primeiro ano de vida, depois de removido, a criança ficaria " cega" desse olho, mesmo que não houvesse nada de errado com o olho propriamente dito. Isso acontece porque o cérebro não teria aprendido a conectar os circuitos da visão. 
O mesmo acontece com uma pessoa que fica viciada em se identificar com problemas que aconteceram anos a trás. Sim, eles podem estar causando efeitos até hoje, mas você precisa FAZER UMA NOVA CONEXÃO CEREBRAL para poder enxergar a vida com toda a amplitude que ela tem.
Quanto mais você falar, recordar, buscar por explicações, mais você coloca o tampão no seu olhar para a vida. Você precisa produzir novas informações que gradualmente produzem novas conexões neurais e você se liberta para ter uma visão mais ampliada.

Tendo uma visão mais ampliada, você experimenta mais da vida.
As marcas dos primeiros sete anos de vida até os 20 e poucos anos, realmente são bem significativas e formam as bases fundamentais da personalidade, mas não precisamos ser escravos da nossa história. Muitas das lições da infância são resistentes a mudanças e exercem influência desproporcional na vida adulta, mas ainda assim, com consciência e práticas de controle mental , ROMPEMOS com essas certezas adquiridas na infância para que você possa viver e alcançar o seu futuro ideal. O primeiro passo começa com a sua vontade de viver mais e melhor do que repetidamente vem vivendo. O segundo passo é entender o universo em que vive, compreender como o seu cérebro funciona. O terceiro passo e o mais importante, é dominar as informações e construir novas conexões.
Para um novo mundo surgir, precisamos de um novo olhar, precisamos de uma VIRADA MÁGICA.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Saia do "e se fosse assim"?

Você precisa aprender a curtir o que está acontecendo agora e sair desse lance do "e se fosse assim?" ou "e se for assim...

Veja mais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...